Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
Flickr

Usuários do transporte público elogiam sanitização de pontos de ônibus

Data da publicação: 16/07/2020

Desde o início da pandemia da covid-19, a Urbam tem realizado uma série de ações para conter a disseminação do novo coronavírus e salvar vidas. Entre elas, está a sanitização de pontos de ônibus, que tem sido elogiada pelos usuários do transporte público.

O serviço é feito diariamente pela Urbam em pontos de todas as regiões do município e também inclui o Terminal Rodoviário Central e a ECO (Estação de Conexão) do Campos de São José, na região leste.

Moradora do bairro Santa Hermínia, na região leste, Isabel Aparecida Lucia de Matos, de 44 anos, aguardava o ônibus na avenida Santos Dumont, no Jardim Paulista, no centro, quando a equipe da Urbam chegou para realizar o serviço.

"Eu me sinto mais segura com a limpeza. Ela previne do coronavirus. Isso é muito bom” disse Isabel.

A sanitização também foi elogiada pela moradora do Monte Castelo, Giovana Camile Ferreira, de 17 anos, que estava no mesmo ponto. “Eles vêm todos os dias aqui. É importante. O pessoal fica mais seguro, acho bom”, afirmou.

Na ação, é aplicado um desinfetante à base de quaternário de amônio, indicado para desinfecção de pisos, paredes, bancadas de trabalho, equipamentos, utensílios, entre outros, e que age eficientemente sobre microrganismos. O produto aplicado tem durabilidade de sete dias nas superfícies. Ainda assim, o Terminal Rodoviário Central, por exemplo, recebe a sanitização às terças-feiras e sábados.

O serviço possui uma programação que prioriza o atendimento dos pontos sempre nos mesmos horários, o que facilita a aplicação, já que os próprios usuários acabam reconhecendo a equipe da Urbam, o que mantém uma harmonia entre a população e o poder público neste momento de pandemia.

“Desembarco de manhã aqui e pego o ônibus aqui também pra ir embora”, contou a moradora do Jardim São José 2, Jéssica Amanda de Brito, de 29 anos, que estava em um ponto de ônibus da avenida Benedito Matarazzo.

“Já tinha visto a ação. Da outra vez, eu estava sentada e eles nos pediram licença para fazer a limpeza. Dá mais segurança, porque todo mundo senta, todo mundo põe a mão”, completou.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
Flickr