Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
Flickr

Terminal Intermunicipal reforça ações para conter pandemia

Data da publicação: 22/07/2020

O Terminal Intermunicipal Frederico Ozanam reforçou ainda mais as ações adotadas para conter a disseminação do novo coronavírus.

Tapetes higienizantes foram instalados no setor de embarque. Muitas medidas já foram adotadas desde o início da pandemia. A medição da temperatura corporal é feita antes que o passageiro entre nos ônibus. O setor de embarque e desembarque e vários outros locais como praça de alimentação, bilheteria, entrada e saída do terminal contam com dispensers de álcool gel com pedaleira para se evitar o contato com as mãos.

A empresa Pássaro Marron, que faz a linha para a capital e várias cidades do interior paulista, instalou películas de plástico separando as poltronas para maior segurança dos passageiros. Os ônibus passam por higienização entes e após as viagens.

As bilheterias que já contavam com proteção de vidro entre os funcionários e usuários, têm demarcação de solo determinando a distância mínima de 1,5 metro entre os usuários nas filas dos guichês para compra de passagem. A demarcação também foi feita no acesso ao embarque aos banheiros e guarda volumes. Só entra no Terminal quem estiver de máscara, o que é fiscalizado pelos funcionários da administradora. As entradas e saídas estão separadas por barreiras físicas. Cadeiras intercaladas são proibidas de uso para manter o distanciamento entre as pessoas.

Em todo o Terminal há cartazes e banners, além de avisos em alto-falante informando sobre a necessidade de manter distanciamento, uso de máscaras e higienização das mãos.

A limpeza dos banheiros foi reforçada e o Terminal é sanitizado semanalmente por empresa especializada com produto específico.

“Estamos fazendo o melhor pelos usuários para que possam ter a confiança em realizar viagens com segurança”, informa o gerente geral da Sinart, Salvador Genduso.

A Urbam (Urbanizadora Municipal) é responsável pela gestão do Terminal Intermunicipal Frederico Ozanam. Através de licitação, foi firmado contrato de concessão onerosa com a empresa Sinart para operação, administração e exploração comercial do Terminal, por um período de 20 anos.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
Flickr