13447

URBAM
Prefeitura de São José dos Campos

09/05/2017

Moradoras se unem para recuperar área verde no Putim


O trabalho de recuperação da área verde interna do Residencial Tom Jobim 2, no bairro Putim, região sudeste de São José dos Campos, feito por um grupo de moradoras, está transformando a vida no local. Onde antes nascia mato, agora tem grama, flores e mudas de árvores frutíferas. Esse é um exemplo de boas práticas para se utilizar materiais recicláveis e evitar entulhos em áreas comuns.

Marli Leite e Célia do Espírito Santo são vizinhas e começaram a mudar a mentalidade dos condôminos. Logo que o condomínio foi entregue, há dois anos, pela Prefeitura de São José dos Campos e pelo Governo do Estado, por meio da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), elas iniciaram o plantio de um jardim na área comum do prédio e outros moradores já estão seguindo o bom exemplo. “Na semana que mudei, já iniciei o trabalho. Cercamos a área para preservar a área verde. Na frente do meu apartamento, eu nunca deixei jogarem lixo”, explica Marli. São dois anos de cuidados com a terra e plantio. Tem uma área só de árvores frutíferas e elas já estão planejando plantar uma horta com a ajuda das crianças.

“Tinha muita pedra e mato. No começo foi difícil, mas não desistimos. Aos poucos, estamos deixando o local mais agradável para todos e as pessoas acabam sentindo isso e valorizando o local onde moramos. Os moradores dos outros blocos vêem e também estão querendo fazer um jardim. Se isso acontecer, nosso condomínio vai ficar bem mais agradável”, explicou.

Célia lembra que muitas vezes elas iam ao Ceagesp de madrugada para comprar as mudas. “No começo foi difícil. Poucos moradores colaboraram. Nossa intenção foi fazer o melhor. É muito bom cuidar da terra e está sendo ótimo ver o resultado do nosso esforço. Queremos melhorar ainda mais.” Na decoração, elas aproveitaram pneus velhos, restos de madeira e de outros objetos.

“No hall do meu prédio muitos jogavam restos de cigarro, papel e lixo. Depois que eu plantei flores, não jogam mais. As pessoas acabam respeitando quando o local está bem cuidado”, explicou a síndica Rita Maria Oliveira. Ela está estimulando os moradores dos demais blocos a cultivarem também as áreas verdes. “A ideia é que cada grupo faça do seu jeito. Dou apoio na medida do possível para transformarmos aqui num lugar ainda mais prazeroso para vivermos.”

Veja outras notícias:

Fale conosco

Urbam - Tel:(012)3908 - 6000