Urbam lança edital de concessão do Martins Pereira

Data da publicação: 22/10/2021

A Urbam (Urbanizadora Municipal) deu a largada para a concessão do Estádio Martins Pereira, maior praça esportiva de São José dos Campos. O edital, publicado nesta quinta-feira (21), inclui a administração, operação e exploração comercial do espaço, que também tem capacidade para sediar eventos culturais de grande porte.

A sessão pública acontece em 10 de dezembro, às 9h. Vence quem apresentar a melhor oferta de preço.

O estádio Martins Pereira ganhou nova roupagem em 2013, ficando mais moderno e confortável para o público. A reforma, que atendeu aos critérios exigidos pela Fifa durante a Copa do Mundo de 2014, tornou o espaço atrativo às diferentes modalidades de eventos esportivos e para realização de eventos culturais e sociais.

Caberá ao concessionário definir o uso, garantindo sempre a utilização pela Prefeitura e equipes profissionais da cidade.

O Martins Pereira, estrategicamente localizado no Jardim Paulista, região central da cidade, possui área total de 49 mil metros quadrados, contando com cerca de 5 mil metros quadrados de área construída.

Como vai funcionar

A empresa vencedora poderá realizar investimentos com o intuito de tornar o estádio atrativo do ponto de vista de negócios, explorando comercialmente o estacionamento, as lanchonetes, restaurantes, os pontos móveis de vendas de alimentos, além de lojas. Já está previamente autorizada pela Urbam a construção de um empreendimento imobiliário no estacionamento do estádio.

Quem vencer a licitação terá o prazo de 25 anos, prorrogáveis por mais 10 anos, com outorga periódica variável inicialmente prevista em no mínimo de 5 por cento da receita bruta apurada mensalmente.

Foi estimada uma receita bruta crescente anual que poderá alcançar R$ 5,8 milhões a partir do quinto ano de operação, através da exploração econômica do estádio multiuso, mediante locações para jogos de esporte, shows, academia, publicidade, restaurante, eventos próprios, dentre outros.

As atividades e exploração do estádio irão impulsionar a economia e a visibilidade do município, criando um novo segmento de serviços na cidade, contribuindo para uma requalificação urbana de toda região em conjunto com o futuro traçado da linha verde.