Semana do Meio Ambiente: Urbam na I Bienal do Lixo

Data da publicação: 09/06/2022 - Tempo de leitura: 3 minutos

A Urbam participou de dois painéis na I Bienal do Lixo, evento que ocorreu no último final de semana no Parque Villa-Lobos, na zona oeste da capital paulista, organizado pela Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, em parceria com as agências culturais La Mela e Usina.

A empresa apresentou as inovações tecnológicas adotadas no setor de resíduos sólidos. A Urbam embarcou no uso da Tecnologia da Informação por meio do uso de softwares inteligentes, que simplificam o trabalho dos gestores públicos através do monitoramento efetivo de indicadores importantes para a tomada de decisões. 

Foi apresentado o novo setor da Urbam, o Centro de Operações Urbam (COU), que visa centralizar a gestão de serviços operacionais para padronizar o fluxo dos chamados e seus atendimentos, minimizando os prazos (as demandas chegam rapidamente às equipes operacionais), melhorando a eficiência e a qualidade na prestação dos serviços junto à municipalidade por meio da utilização de diversos softwares inteligentes (muitos deles desenvolvidos pela TI da Urbam). Um exemplo disso é o aplicativo interno Urbam Digital, que possibilita que os próprios funcionários abram demandas de serviços, para serem executados pelas diversas áreas, com retorno ao requisitante.  O COU realiza ainda o monitoramento em tempo real de vários serviços da Urbam. No caso das coletas de resíduos (comum e seletiva) existem itinerários georreferenciados com monitoramento online da frota, cujas rotas traçadas são disponibilizadas aos motoristas por meio de smartphones.

Outra inovação é o Sistema Eletrônico de Controle dos Resíduos da Construção Civil e Resíduos Volumosos, com rastreamento dos resíduos em tempo real. Um programa moderno de Educação Ambiental - Lixo Tour, foi implantado, cujo Museu do Lixo se tornou interativo, por meio do uso de realidade aumentada.

Há inovação ainda na Unidade Geradora de Biogás do Aterro Sanitário que está em fase de implantação, com uso de motores nacionais de tecnologia consolidada com vantagens sobre os importados. O biogás é fonte versátil e sustentável de energia e será utilizado para a geração de eletricidade com forte compromisso com o meio ambiente, atendendo às orientações da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).